Expedição 2008


A Expedição NUTRIR 2008 foi realizada nos dias 22, 23, 24 e 25 de maio, tendo como destino o interior paranaense, onde fomos muito bem recebidos em todos os lugares e propriedades em que passamos, e mais uma vez foi realizada com o máximo sucesso. Sendo assim, é necessário agradecer a todos que nos ajudaram e nos recepcionaram, além de todos que acreditaram na nossa competência e participaram direta, ou indiretamente na obtenção de mais este sucesso, obrigada mesmo por nos apoiarem.

CRONOGRAMA EXPEDIÇÃO NUTRIR 2008

SAÍDA: dia 22/05/2008 quinta-feira ás 4h de Botucatu
> Viagem para Arapoti – PR
> 258 km

Dia 22/05/2008 Quinta-feira

1 – Fazenda Chácara Condesa
Pela manhã nós chegamos à cidade de Arapoti, onde encontramos com o Rogério, ex-diretor da NUTRIR e atual veterinário atuante na região, e fomos diretamente para a Fazenda Chácara Condesa, onde o principal objetivo da propriedade é a produção de leite através do sistema free-stall.
Lá nós fomos recepcionados pelo doutor Nilton Vieira, médico veterinário responsável pela propriedade, lá observamos todo o sistema, desde os bezerreiros até a sala de ordenha, passando pelos galpões das vacas da raça holandesa e pelos silos do tipo trincheira.
Esse é o verdadeiro sistema simples e eficiente. Nossa visita terminou com um bate-papo entre os participantes, o professor Mário e os responsáveis pela propriedade.

Parada para o almoço no Restaurante Hulk

VIAGEM: para Castro – PR
> 91 km

2 - Agropecuária Leffers
No período da tarde, nós fomos até a Agropecuária Leffers, sendo muito bem recepcionados pelo Proprietário Sandro Leffers, que nos conduziu na visita aos campos de alfafa e azevêm, pudemos ver todas as máquinas das quais a agropecuária dispõe, para a produção de pré-secados de alfafa e azevêm, que são armazenados em fardos e vendidos para o Brasil inteiro. Além de poder observar todas as etapas do enfardamento, nós ainda pudemos conhecer os fardos de brachiaria que são utilizados pelas fábricas e usinas como energia limpa.

PERNOITE: Hotel Bugan Ville

HAPPY HOUR: jantar em um restaurante da cidade, onde estiveram conosco o Rogério e o Sandro Leffers, proprietário da Agropecuária Leffers. Após o jantar muita descontração em uma choperia da cidade.

Dia 23/05/2008 Sexta- feira
SAÍDA: às 7 horas do Hotel Central (Castro – PR)

3 - Fazenda Portão Vermelho
Ao sair do hotel nós partimos em direção a Cooperativa Castrolanda, onde fomos conhecer a Fazenda Portão Vermelho, a nossa espera estava o Gilberto Marcowiz, gerente administrativo da propriedade, ele nos conduziu durante toda a visita pela propriedade. A Fazenda Portão Vermelho se destaca por produzir ovinos das raças Texel e Dorper de excelente genética, tendo como principal objetivo a disseminação e melhoramento genético da raça, além de trabalhar com animais em exposições e para corte. Os animais são levados para as exposições, em um ônibus que foi especialmente reformado para este fim, dando o máximo conforto aos animais e aos tratadores que os acompanham. A visita foi encerrada com um agradecimento ao Gilberto e ao proprietário da Fazenda Portão Vermelho.

Parada para o almoço em uma churrascaria

VIAGEM: para Guarapuava – PR
> 230 km

PERNOITE: Hotel Libra em Guarapuava

HAPPY-HOUR: Em um barzinho da cidade, onde pudemos apreciar uma boa música ao vivo, e nos descontrair conversando sobre tudo o que já havíamos visto, e o que ainda nos esperava.

Dia 24/05/2008 Sábado
SAÍDA: ás 7 horas do Hotel Libra (Guarapuava – PR)

4 - Chácara Bela Vista
A Chácara Bela Vista apresenta o sistema intensivo de produção de bovinos super precoce, ou seja, os animais na sua maioria da raça charolês ficam confinados, nesta propriedade fomos recebidos pelo Proprietário senhor Edio Sander e pela zootecnista Luciane, responsável pela propriedade. Lá nós observamos a total preocupação em obter bezerros de ótima genética para transformá-los em bois com um bom rendimento de carcaça. Para uma melhor comercialização da carne a Chácara Bela Vista faz parte da Aliança Mercadológica de Guarapuava, onde juntamente com outros produtores eles fazem todo o processo de abate, obtendo assim uma maior lucratividade.
Após a visita a propriedade o proprietário nos levou para um clube onde ele organizou um churrasco com a carne do seu próprio gado.

Almoço de confraternização com churrasco organizado pelo produtor

VIAGEM: para Campo Mourão - PR
> 208 km

PERNOITE: Hotel Loydi

MESA REDONDA: Após alguns minutos de descanso a noite seguiu com uma mesa redonda, onde todos puderam expor e tirar algumas dúvidas e discutir mais profundamente sobre tudo o que já havíamos visto. Tudo isso com o apoio do nosso coordenador, o professor Mário De Beni Arrigoni.

HAPPY – HOUR: Jantar em uma pizzaria da cidade, onde desfrutamos de um belo rodízio.

Dia 25/05/2008 Domingo
SAÍDA: ás 6 horas e 30 minutos do Hotel Loydi (Campo Mourão – PR)

5 - Fazenda Rio Sem Passo e Fazenda Dona Elisa
A visita teve início pela fazenda Dona Elisa, lá nós pudemos observar o padrão da raça Red Angus e o manejo utilizado na fazenda para estes animais, o objetivo da fazenda era recria de bovinos, toda visita foi guiada pelo professor Paulo Emílio. Depois nós seguimos para a Fazenda Rio Sem Passo, uma propriedade imensa onde há uma fábrica beneficiadora de grãos, onde a dieta dos animais utiliza vários subprodutos advindos desta fábrica, como casquinha de soja e caroço de algodão, entre outros. A fazenda conta ainda com um confinamento, onde os animais são terminados, e o manejo destes é todo realizado racionalmente em um tronco coletivo curvo. A visita terminou com um bate papo descontraído para todos tirarem possíveis dúvidas.

Parada para o almoço em um restaurante de Campo Mourão

SAÍDA: às 14 horas e 30 minutos de Campo Mourão
VIAGEM: de volta para Botucatu
> 530 km

Parada para o jantar em um Posto do Graal

Chegada a Botucatu por volta das 24 horas.

Fotos